Os transtornos da beleza

Ditadura da beleza / Reportagens

Uma jovem francesa seguiu a carreira de modelo desde seus 12 anos, mas foi aos 25 que ficou famosa. A fama não veio tanto por sua profissão, mas por se deixar fotografar, em 2005, pesando apenas 25kg nos seus 1,65 metro de altura. Estamos falando da modelo Isabelle Caro, que morreu em novembro de 2010, vítima de anorexia nervosa, uma doença que altera a percepção da figura corporal.  Isso ocorre quando a pessoa está com a forma corporal esquelética, mas, mesmo assim, se enxerga acima do peso (gorda).

Casos como o de Isabelle não são fatos isolados, sobretudo entre mulheres adolescentes, quando a atenção e a preocupação com alguma parte do corpo é comum nesta etapa do desenvolvimento humano.

A modelo Isabelle Caro foi símbolo da luta contra a anorexia

Especialistas da área de saúde mental se preocupam com um fator social que desencadeia a doença, sobretudo, entre jovens. São os chamados padrões de beleza corporal da modernidade; para ser mais claro, as chamadas “mulheres cabides” que aparecem na mídia com todo glamour, fama e dinheiro, ou seja, a carreira tão desejada pelas jovens quanto o futebol pelos rapazes.

Com resultado disso, a anorexia é apenas uma das muitas enfermidades que surgem dentro da busca por um corpo “perfeito” e “rentável”. Hoje, com a cultura do corpo ideal aparecem novas doenças, frutos desta sociedade moderna e seu estilo de vida.

“Nós temos aí a bulimia e a anorexia que são mais conhecidas pelos casos que vemos na mídia, mas já começam a surgir novas doenças como a ortorexia, que é uma busca incontrolável por comida saudável. A pessoa come algo e fica sempre preocupada em quantas calorias consumiu, quantas calorias tem isso ou aquilo”, revela o psicólogo Élisson Santos.

Segundo o psicólogo, os padrões de beleza da modernidade vão fazendo com que muitos jovens desenvolvam certos tipos de patologia em busca de um físico perfeito. “Nós temos o caso de outra doença que é a vigorexia, a busca compulsiva por exercícios físicos. Muitos jovens estão chegando ao consultório médico com este tipo de doença”, afirma Santos.

vigorexia e ortorexia

Vigorexia: cumpulsão por exercícios físicos. Ortorexia: obsessão em comer comidas 'saudáveis'

Os transtornos alimentares têm sua origem geralmente na fase púbere e juvenil (adolescência), pois os jovens enfrentam, nesta etapa, as mudanças corporais e alterações psíquicas. Além disso, o adolescente se preocupa de forma particular com a sua imagem estética, porque está exposto num certo grupo e tem necessidade de aceitação. A maioria dos casos de bulimia e anorexia, segundo pesquisas, tem início nessa fase (dos 13 aos 25 anos).

Com o apelo midiático de um corpo supermagro ou escultural é preciso ficar atento quando parentes, amigos e familiares começam a tender para o exagero, a fim de atender este estímulo da ditadura da beleza. Os “transtornos” alimentares são patologias psíquicas e merecem ser tratados com especialistas da área (psiquiatras e psicólogos). É importante salientar que, como toda enfermidade, a pessoa precisa ser acolhida, compreendida e amada, nunca julgada e condenada.

ONEIOMANIA - compulsão por comprar

ONEIOMANIA - compulsão por comprar

Um outro transtorno que vai ao extremo no cuidado com o corpo é a vigorexia. Apesar de não ser considerada um transtorno alimentício, a vigorexia está relacionada com alguns sintomas da anorexia como baixa autoestima, dificuldade de se integrar à sociedade e de aceitar a própria imagem corporal. Esse transtorno começa a ser mais comum entre os homens que, em nome de um corpo escultural, se submetem à compulsão por musculação e outras atividades do chamado “Body (corpo) Designer”.

Outro transtorno decorrente da ditadura da beleza é o consumismo compulsivo (ONEIOMANIA). A pessoa precisa comprar, comprar e comprar para ficar feliz. Especialistas comparam o prazer que a pessoa sente ao adquirir um bem com o de pessoas viciadas em álcool, nicotina e até mesmo cocaína. A pessoa que sofre desse tipo de compulsão apresenta quadros de ansiedade, depressão, frustração, além de arruinar o orçamento familiar. Estima-se que de 2 a 8% da população mundial sofra deste mal, tudo pelo estímulo exagerado da cultura do material e em nome da beleza.

Mas quando detectar estes exageros?

“A pessoa sabe que não está bem, mas precisa atender aos apelos da mídia. Geralmente, ela se isola do convívio social, deixa os relacionamentos de lado, torna-se uma pessoa intolerante com os outros e gasta mais dinheiro com a beleza do que com a vida social”, declara o psicólogo.

os sintomas da anorexia e bulimia

Veja mais:

Especial Ditadura da Beleza: O que é estar na moda?

.

Tem algo a dizer sobre o tema? Participe!

11 Comments to Os transtornos da beleza

  1. Cleane Lima's Gravatar Cleane Lima
    6 de outubro de 2011 14:27 Permalink

    Gostei muito da matéria!
    Realmente, se estamos num grupo em que as pessoas nos acham diferente pelo fato de não sermos tão “vaidosos” ou então de termos outra postura diante das coisas, não somos aceitos e essa matéria contribuiu bastante para mim.
    Obrigada!

  2. Gláucia Cristina Peixoto's Gravatar Gláucia Cristina Peixoto
    11 de outubro de 2011 13:43 Permalink

    Tema muito importante para a nossa atualidade. Gostei muito da matéria, que bom seria se nossos jovens lessem e apreendessem com carinho cada palavra aqui escrita, teriamos jovens mais felizes e conscientes.Deus abençõe a todos pela iniciativa.

  3. MÁRCIA ANDRÉIA DA SILVEIRA ESTEVES's Gravatar MÁRCIA ANDRÉIA DA SILVEIRA ESTEVES
    11 de outubro de 2011 14:20 Permalink

    No meu caso é diferente, eu sempre tive um corpo normal, altura 1.63, e 58 a 60 kg. Tive depressão, e engordei muito, peso hoje 120 kg e não consigo emagrecer, tenho vergonha do meu corpo, não posso fazer cirurgia bariátrica por causa da depressão. Gostaria pelomenos de perder o excesso, uns 30 kgs pra mi sentir mais a vontade. Vocês mulheres que cultuam o corpo, façam tratamento psicológico. Lutem pela vida. O mais importante é se sentim bem com a vida…

  4. Ana's Gravatar Ana
    11 de outubro de 2011 15:03 Permalink

    Esse negócio de ser magro demais, quase fez de mim mais uma vítima! Tudo o que eu comia, vomitava depois, já cheguei a passar um dia com água e bolacha água&sal e outras loucuras. Comecei a ficar muito magra, e até hoje tenho dificuldade de ganhar peso e ficar no ideal que os médicos recomendam. A questão de provocar o vômito, ainda me atinge, se fico nervosa, ansiosa ou passo por situações difíceis, me dá logo a sensação de vomitar, mas graças a Deus, tem um bom tempo que não tento mais, me seguro e lembro que se eu fizer de novo vou estar me matando!
    Se tem alguém passando por isso, procure ajuda, não se deixe levar pela ‘beleza’ de ser a mais magra, isso vai te magoar pro resto da vida!
    A matéria está muito boa! 🙂

    A paz de Jesus

  5. José Urbano's Gravatar José Urbano
    11 de outubro de 2011 16:31 Permalink

    A unica solução e levar a pessoa a um encontro pessoal com cristo… O “HOMEN PERfEITO”… É descobrindo a pessoa de Jesus que encontramos o verdadeiro equilibrio, as respostas para os problemas emocionais e psiquicos.
    Somente o Amor Verdaeiro, que é Jeus, é capaz de nos levar a pedir a cura de todas as nossas feridas…

  6. ana maria melo noger's Gravatar ana maria melo noger
    12 de outubro de 2011 00:17 Permalink

    Muito boa a sua matéria,seu ponto de vista médico e ao mesmo tempo definido!
    Compulsão em todas as áreas,é fora do ser humano,cristão e normal!
    Idolatria ao próprio corpo!
    Tudo o que nos prende ,escraviza,bloqueia está contra o divino!
    Nascemos livres em cristo pelo batismo,mas, a concupiscência,a carne nos seduz!
    Evangelizemos,irmãos no amor!
    Bênçãos a todos!

  7. ozias's Gravatar ozias
    14 de junho de 2012 16:49 Permalink

    Muito importante esse assunto hj na sociedade brasileira e mundial,um toque para os jovem principalmente, que querem um belo corpo acima de qualquer sacrificio,devemos está mais atentos na maneira de “adquirir” beleza,essa busca pode nuns privar das coisa boas que a vida nuns oferece.

  8. Adriane Correa's Gravatar Adriane Correa
    14 de junho de 2012 20:19 Permalink

    Acredito mesmo que estas pessoas precisam muito ser acompanhadas e ajudadas. Á todo momento é possível ver uma dessas doenças compulsivas. E nós Cristãos temos que estar atentos ensinando aos nossos jovens que não é o mundo que dita as regras e modo que devemos seguir, temos que corrigir até a nós mais adultos pra não cairmos neste sistema.Somos de Cristo e a unica moda que temos que seguir ditada á todos é os ensinamentos de Deus, pedir sabedoria e misericordia pra saber lidar com tantas regras nesse mundo sem deixar ser escravizados.Vigiai galerinha de Deus.

  9. João Ribeiro (ribeirinho)'s Gravatar João Ribeiro (ribeirinho)
    15 de junho de 2012 11:59 Permalink

    ótimo!

  10. Regina Nadia Peixoto martins's Gravatar Regina Nadia Peixoto martins
    15 de junho de 2012 12:45 Permalink

    Lendo está matéria, percebi que me engrado na oneiomania, tenho um salário rasoável, mais mesmo assim, comprei coisas sem necessidade, gastei demais, e hoje com 47 anos, estou endividada, com meu nome sujo, o que nunca aconteceu em minha vida, sempre paguei minhas contas direito e sempre fui muito equilibrada, anotando tudo que podia e não podia comprar, para sempre no final do mês ter um dinheiro sobrando, agora não sobra o nem para sair com meus filhos pequenos, me sinto depressiva, sem auto estima, envergonhada, e sem saber o que fazer, a noite tenho sonhos horríveis, e não consigo dormir sem tomar remédios para insônia, gostaria muito da ajuda de vcs.

  11. kesia's Gravatar kesia
    14 de janeiro de 2016 18:25 Permalink

    ( =’o’= ) (¸.•´ (¸.•´ (¸.•*´¯`*•-> Olha gente acabei de assistir um vídeo muito interessante que mostra toda a verdade por trás das dietas, e realmente faz todo sentido a explicação do Rodrigo, eles utilizaram de estudos realisado em Harvard para mostrar o porque as dietas são pura enganação, eu assistir o vídeo da apresentação e tenho certeza que é só questão de tempo para que as pessoas fique sabendo da verdade sobre as dietas, aconselho a todos que querem fazer ou que estão fazendo dietas que deem uma olhada no site fimdadietadukan.com.br e tirem as suas próprias conclusões, realmente faz tudo o sentido a explicação do Rodrigo, as dietas são pura enganação, vale a pena da uma olhada no site Fim da Dieta Dukan (=’:’=)(=’:’=)(=’:’=)(=’:’=)