Eu, Deus e o meu tempo de solteiro

artigos / Namoro

Estar solteiro não é doença tampouco vocação; não é estar sozinho nem é sinônimo de solidão. É um tempo só seu, dure o quanto durar

Por Helder Melo

Enquanto uns lidam com a “solteiritite”, como se fosse uma doença, outros a tomam para si como uma espécie de vocação, o “solteirismo”, mas eu acredito em uma terceira opção; embora eu não tenha um nome para defini-la agora, é algo que resulta da soma de espera + caminhada + preparação.

Na “solteiritite”, alguns parentes olham preocupados para você, como se o caso fosse contagioso ou terminal. Só um milagre mesmo! A pessoa solteira que julga ter “solteritite” tem comportamentos beirando o desespero. Tudo que ouve dizer que é cura ou simpatia para conseguir qualquer pessoa, ela experimenta. Ela tem muito medo de morrer com essa doença que diz ter, e vive em função dela; até acha uns “remédios” que aliviam os sintomas, mas estes acabam voltando piores!

Foto: 57725530, Thomas_Zsebok_Images, iStock by Getty Images

Foto: 57725530, Thomas_Zsebok_Images, iStock by Getty Images

 

Do outro lado, há os que consideram o “estar solteiro” uma espécie de vocação, isso é o “solteirismo”. Assumem para si esse título aqueles que acham estar bem nessa situação. Aparentam estar certos, decididos a trilhar essa vocação. Uma pena! Nutrem-se de doses de alegrias instantâneas, enxergam dificuldades em construir e buscar uma verdadeira e duradoura felicidade. Não entenderam a beleza que é compartilhar o dom mais precioso que Deus lhes dá: a vida.

Estar solteiro não é uma doença tampouco uma vocação, não é estar sozinho nem é sinônimo de solidão. É um tempo só seu, dure o quanto durar. É tempo de se conhecer, conquistar-se e amar-se, talvez até de descobrir em si os motivos que o fazem estar solteiro. Que bom! É tempo de fazer uma viagem no tempo e reparar as lacunas da sua história. É tempo de melhorar e estar pronto para receber alguém na sua vida.

De repente 30 e solteiro

Como superar meu medo de amar?

Todo mundo namora, menos eu

É urgente, no entanto, um amor próprio antes de qualquer abertura a outro amor. O amor próprio é uma lacuna única que só deve ser preenchida por si. Corremos o risco de buscar em alguém um sentimento que cabe a nós preencher. Insistimos em uma dependência afetiva que suga e desgasta nossos relacionamentos.

Mais importante que o amor próprio é a reciprocidade do amor de Deus. Mesmo que em mil vidas não consigamos retribuir o amor d’Ele por nós, é fundamental essa prioridade em nossa ordem afetiva. O amor de Deus, para quem o busca, é uma experiência única, tal como um tesouro nunca encontrado. Por isso, afirmo que solteiro não é sozinho e, com Teresa D’Ávila afirma, só Deus basta. É um amor tão presente, que eu não me vejo no direito de me sentir só. É um amor que vem para guiar e ordenar todos os outros amores, sentimentos… Cada amor deve estar em seu devido espaço.

Pois bem. Na linha de chegada desse tempo bem vivido, eis que a encontro, aquela que ama esse Amor Incondicional, que encontra n’Ele os caminhos a seguir e enfrenta, confiante, todos os ‘nãos’ da vida e, ainda que com dores e angústias próprias do ser humano, permanece ancorada com o barco da sua vida no Porto Seguro que é o amor de Jesus.

Gentilmente, peço a chance de amarrar meu barquinho bem ao lado do dela. Não só no mesmo porto, mas numa vaga mais coladinha, para conversarmos, ficarmos perto um do outro, para convivermos e até para o caso de um barco afrouxar a corda e o outro estar perto para puxar de volta. Não podemos perder o porto de vista. A inversão de prioridade afrouxa a corda do barco e o afasta da segurança do porto.

A reciprocidade desse amor de “vizinhança” começa a crescer, até que estejamos prontos para abrir mão dos nossos barquinhos e navegarmos juntos, dividirmos um barco novo. Mais uma vez, gentilmente eu lhe peço: “Quer me amar em segundo lugar para sempre?”.

“Só em Deus o homem encontra a verdade e a felicidade que não se cansa de procurar” (CIC 27).

.

Tem algo a dizer sobre o tema? Participe!

21 Comments to Eu, Deus e o meu tempo de solteiro

  1. VERA LUCI BRITES OLIVEIRA's Gravatar VERA LUCI BRITES OLIVEIRA
    28 de agosto de 2015 07:55 Permalink

    BOM DIA.

    EU NO MOMENTO DE MINHA VIDA, ESTOU VIVENCIANDO ESTE MOMENTO “SOLTEIRA”, HÁ TRES ANOS, E REALMENTE SEMPRE OUÇO COMENTARIOS NEM TAO POUCO AGRADAVEIS A MINHA DECISAO. POS BEM, VIVO ESTE MOMENTO BEM COMIGO MESMA, NAO SINTO SOLIDAO, E AO MESMO TEMPO QUANDO ME SINTO, BUSCO O MEU REFUGIO PERFEITO, ESTAR JUNTO A DEUS, POIS SEI E CREIO QUE NUM BREVE MOMENTO ESTAREI PREPARADA PARA UM RELACIONAMENTO DURADOURO. AGUARDO ESSE MOMENTO, MAS NAO VIVO A ESPERAR.

    ABRAÇOS.

  2. Simone's Gravatar Simone
    28 de agosto de 2015 08:43 Permalink

    Eu estou solteira a 44 ano,s amores já passaram, mas continuo esperando aquele amor verdadeiro. Graças ao bom Deus sempre o amei primeiro. Continuo esperando e com fé apareça homem certo para partilharmos juntos um novo caminho.
    Parabéns pelo texto.

  3. Fernanda mallart's Gravatar Fernanda mallart
    28 de agosto de 2015 09:03 Permalink

    Achei este tema interessante,onde nos orienta sobre certas questões,que muita das vezes não sabemos lidar.

  4. camila's Gravatar camila
    28 de agosto de 2015 09:31 Permalink

    otimo texto

  5. Olívia Raquel C. e Cardoso's Gravatar Olívia Raquel C. e Cardoso
    28 de agosto de 2015 10:11 Permalink

    A Paz de Cristo e Amor de Maria!!
    Sou solteira. Tenho 39 anos.Tive muitos problemas afetivos, falta de perdão que me bloquearam. Hoje em dia estou bem, buscanco a santidade e castidade. Me preparando em Deus, fazendo amigos e esperando o que o Senhor reserva para mim.

    • Liana's Gravatar Liana
      29 de setembro de 2015 22:27 Permalink

      Olívia, estou na mesma situação que você. E confiante que já deu tudo certo!

  6. Fernanda mallart's Gravatar Fernanda mallart
    28 de agosto de 2015 10:12 Permalink

    Muito importante,com orientações importantes.

  7. Edwiges tavares vieira fidelis's Gravatar Edwiges tavares vieira fidelis
    28 de agosto de 2015 11:39 Permalink

    Nossa estou nesta espera e muitos familiares me cobrando isso me deixa um pouco triste mas estou confiante nesta espera.o que mais dificil e o fim de semana mas estou confiante.

  8. Aline Matos's Gravatar Aline Matos
    28 de agosto de 2015 12:25 Permalink

    A esperança nos melhora e este texto me melhorou…grata Aline Matos

  9. Jennifer's Gravatar Jennifer
    28 de agosto de 2015 14:26 Permalink

    Esse é um tempo tão importante na nossa vida, eu o considero como o Kairós… Deus tem um tempo para todas as coisas, Ele saberá exatamente o momento de colocar alguém em nossas vidas, enquanto isso somos moldados, somos preparados para receber alguém e quando chegar o momento, ter um namoro Santo, onde Deus é o principal integrante, e onde o Espirito Santo é o guia de tudo.

  10. Juliane's Gravatar Juliane
    28 de agosto de 2015 20:11 Permalink

    Oi, Paz e Bem! Sou solteira, tenho 36 anos e o meu primeiro Amor é Jesus, nunca procurei e nem fiquei esperando alguém pra fazer parte de meu barquinho. Vivo uma vida intensa de evangelização e amo os meus amigos. Quando sinto solidão eu acredito que é um momento especial pra eu olhar para o meu eu e rever os passos dados. Não sou alto suficiente e nem me acho egoísta, estou vivendo a vida um passo d cada vez e conforme forem as necessidades eu preciso vive-las. Não estou a procura mas se aparecer este alguém eu estou disposta a viver juntos as ondas deste mar em nosso barco.

  11. selma cabral's Gravatar selma cabral
    29 de agosto de 2015 20:24 Permalink

    muito interessamte, eu tambem estou solteira

  12. Poliana Santos's Gravatar Poliana Santos
    13 de setembro de 2015 13:15 Permalink

    Paz e Bem!!

    Amados namorei 6 anos com uma pessoa, depois morei junto com outro 5 anos, não tive filhos e nesse ultimo relacionamento estive afastada do Senhor. Um erro!! Hoje descubro a cada dia o quanto só o Senhor me Ama e me dá a verdadeira e unica Felicidade. Estou Solteira aos 32. Hoje estou usando este Documento como Pregação no meu Grupo de Jovens “um só coração” Serrana , SP. Amo e conheço a Canção Nova.

    Muito Obrigada Canção Nova!!!!!!

  13. leidiane's Gravatar leidiane
    28 de setembro de 2015 12:27 Permalink

    Lindo texto!!!
    tenho 19 estou solteira e me identifiquei muito com o texto. Sou da Renovação Carismática da minha cidade e desde que conheci a beleza de um namoro santo venho buscando ele na minha vida, mas não é fácil, os garotos não entendem, algumas pessoas me acham careta,está difícil encontrar alguém que queira o mesmo que eu. No entanto não desisto e apesar de alguns momentos de desânimo tento permanecer firme e esperar o tempo do Senhor. Já venho rezando ah algum tempo por esse meu futuro relacionamento e sei que Deus vai me conceder essa graça..Paz e bem!!!

  14. Larissa Gonçalves Souza's Gravatar Larissa Gonçalves Souza
    30 de setembro de 2015 01:54 Permalink

    Deus honra os que a Ele forem fiéis

    Quantas foram as vezes em que você se pegou ouvindo O primeiro olhar da banda Anjos de Resgate, e se imaginou declarando essa música com toda a certeza do seu coração enquanto olhava fixamente nos olhos de um alguém?
    Quantas foram as vezes que você cantou Verdadeiro Amor da banda Conexa, desejando que alguém pedisse pra Deus cuidar de vocês dois?
    E quantas não foram as vezes em que você já se imaginou servindo a Deus com alguém ao seu lado?
    Eu não sei você que está lendo esse texto agora, mas eu já perdi a conta de quantas vezes me flagrei olhando pro nada e traçando toda uma vida a dois.
    Para quem sente em seu coração o chamado ao matrimônio, muitas vezes sofre com a espera, sofre por ainda não poder viver tudo aquilo que o seu coração anseia em viver. Algumas vezes até se “desespera” pensando que a sua hora nunca vai chegar.
    Mas uma hora ela chega, eu sei que chega, na verdade, oro para que ela chegue!
    Já ouviu falar que o leite só ferve quando a gente sai de perto? Pois bem, a pessoa a quem tanto esperamos, não vai chegar se não dermos espaço para ela adentrar em nós e se não pararmos de procurar loucamente em todos os lugares que frequentamos.
    Acredito muito que Deus cuida dos nossos enquanto nós cuidamos dos Dele, por isso me esforço para tentar fazer aquilo que Deus me pede agora, e deixar que Ele cuide e prepare quem eu tanto espero. Porque este alguém está sendo guardado por Aquele quem tem o amor maior por mim!
    Muitas mais do que esperar em Deus, é confiar Nele, o que não é nada fácil…mas é preciso ter fé de que Ele ouve as nossas orações e que na hora certa atende as nossas necessidades!
    Talvez assim como eu, você ainda não obteve a graça de poder dizer aliviado “Agora eu entendo porque tive que passar por tudo isso na minha vida para chegar aqui!”, mas eis que Deus nos fez uma promessa, e que Ele honra os que a Ele forem fiéis!
    E por mais impossível que pareça ser, por mais que você hoje se sinta sem forças para continuar esperando em Deus, Ele não desiste de nenhum de nós e se compadece da nossa dor!
    Tenho fé de que um dia, vamos todos poder fazer as mais lindas declarações de amor que já temos preparadas e ensaiadas na nossa mente, porque quando estivermos prontos Deus vai agir, e vai ser muito melhor do que um dia conseguimos sonhar!

  15. Gilmara's Gravatar Gilmara
    30 de setembro de 2015 21:12 Permalink

    Irmãos, para mim este artigo foi muitíssimo importante. Obrigada, estou neste “momento só meu” e em algumas coisas que o texto diz, pude me identificar, perceber um pouco de mim, e de realidades que com o questionamento, o texto me impulsionou a pensar no que eu preciso mudar. Reconheço que preciso estar mais aberta às pessoas, este pode ser um fato que me deixe distante. Louvo a Deus pela vida e missão de vocês, muito obrigada, Deus me fala aqui também, através de sinais de Sua Providencia como cada um de vocês.

  16. Luana's Gravatar Luana
    18 de outubro de 2015 00:17 Permalink

    Muito interessante o texto. Acredito que o maior desafio é saber lidar com a cobrança da sociedade, no que diz respeito a ordem das “fases” da vida (nascer, estudar, se formar, casar e trabalhar)uma vez que uma dessas fases demora a ser realizada (a exemplo de casar) a cobrança se torna ainda maior, o que querendo ou não nos deixa mais inseguros.

  17. Anonima's Gravatar Anonima
    21 de outubro de 2015 12:53 Permalink

    Quem ler esse comentário, por favor, ore por mim.
    Tenho 23 anos, nunca fiquei, nunca namorei e morro de medo de morrer solteira.
    Confio em Deus, mas, tem horas que o medo me sufoca, me rouba a paz.
    Por favor, ore por mim.
    Grata!

    • Gabriela M.'s Gravatar Gabriela M.
      15 de novembro de 2015 21:18 Permalink

      Oi Anonima, ñ gosto de escrever em nenhuma rede social más vou fazer por vc.
      Você não é a única também tenho 23 anos e tudo que você falou é igualzinho na minha vida nunca tive nada “disso” e tenho medo também principalmente de ficar sozinha,más espero e confio em Deus pois acho que ele sabe de todas as coisas e se tudo isso que ainda não aconteceu na nossa vida é por que não era para acontecer ainda.

      E outra sobre “ficar”?? Será que todo mundo que fica com vários por ai guarda uma lembrança especial do outro ou é só pra ficar mesmo.
      Não esperam um momento especial ou um alguém especial??

      Se for pra isso,será que eu quero só isso??Uma ficada??

      Eu me pergunto isso,quando as duvidas sobre o que Deus guarda pra mim vem nos meus pensamentos, espero que ajude alguém minha reflexão.

  18. FERNANDO's Gravatar FERNANDO
    22 de novembro de 2015 12:16 Permalink

    ótimo texto muitas das vezes ate nossos PAIS nos jugam por não namorar esperei por 19 anos hj vivo um namoro santo a 3 meses com um anjo que Deus colocou na minha vida .vc que ainda não namora fique firme pois deus tem uma promessa na sua vida EU SOU PROVA VIVA DAS PROMESAS DE DEUS

  19. Alessandra's Gravatar Alessandra
    23 de abril de 2016 00:11 Permalink

    Ser solteira é muito ruim. Quem diz o contrário, mente.
    Não dá para ser feliz só.
    Quando deixar esse status horroroso, não sentirei nem um pouco de saudades dele. hehe
    Não mesmo!
    Espero deixar a solteirice logo.