Ecstasy e LSD

Drogas / Reportagens

São drogas sintéticas e provocam distorções sérias no funcionamento cerebral; o usuário sente-se um “super-homem”, incapaz de avaliar situações de perigo; ilusões, alucinações e desorientação têmporo-espacial são comuns.

Confira o especial sobre Drogas

Destacamos algumas reações do uso agudo ou crônico do LSD:
- Alteração da percepção visual, gustativa, tátil, auditiva e olfativa;
- Sensação anormalmente estranha de perda do limite entre o espaço e o corpo;
- Sensação de que os sons podem ser vistos;
- Sensação de pânico e medo;
- Apreensão constante;
- Reações psicóticas representadas por alucinações, delírios, grande instabilidade afetiva, depressão psíquica;
- Sensação simultânea de relaxamento e tensão, alegria e tristeza;
- Sensação paranóide de poder voar;
- Morte acidental;
- Aparecimento de surtos de esquizofrenia;
- Distúrbio da memória, reflexos exaltados;
- Tremores corporais;
- Náuseas, tonteira;
- Parestesia (sensação pervertida de formigamento, arranhamento ou queimação da pele);
- Distúrbios visuais;
- Perda do controle dos pensamentos;
- Aumento da glicose no sangue e da freqüência cardíaca;
- Elevação da pressão arterial e convulsão.

Sua potência é impressionante (300 mil vezes mais ativa que a maconha), porque o tecido cerebral mantém uma baixíssima concentração de LSD em relação a qualquer outro tecido do corpo durante todo o tempo posterior à ingestão da droga.

A tolerância ao LSD ultrapassa a maioria dos outros alucinógenos, incluindo os derivados de anfetamina alucinógena e a mescalina, mas não se estende à maconha. Os usuários de LSD, portanto, repetem as doses após longos intervalos e não o substituem nem o administram simultaneamente com outros alucinógenos.

Ecstasy

Chamada erroneamente de droga do amor, o ecstasy é considerada uma droga nova e é muito conhecida entre a galera que sai à noite na balada, principalmente em raves. O ecstasy causa uma sensação de euforia e prazer. Segundo algumas pessoas que já experimentaram a droga, você é tomado por uma sensação de leveza, alegria e poder.

O ecstasy foi inventado em 1914, durante uma pesquisa de antidepressivos com efeito rápido. Começou a ser usada há 10 anos na Inglaterra e hoje é consumido em geral por jovens de classe média. O tráfico não vem dos morros das favelas; na maioria das vezes, é feito dentro de algumas festas mesmo.

Mas o perigo está justamente nessa sensação de poder que a droga passa. Esse “bem-estar”, alegria e muita energia é como se fosse uma “ilusão” que o cérebro passa. De repente, uma pessoa toma a droga e fica dançando por umas 5 horas, mas, muitas vezes ela não tem um preparo físico para aguentar tanta agitação. Não é raro algumas pessoas ficarem com febre ou resfriadas no dia seguinte. Isso porque a droga diminui a resistência do corpo.

Está muito errado quem pensa que, só porque o ecstasy é “droga de final de semana”, não vicia. Vicia sim! O ecstasy é uma anfetamina, uma droga sintetizada em laboratório. Anfetamina é estimulante do sistema nervoso central, ou seja, faz com que você fique “ligado” por mais tempo que o normal, executando atividades e descartando o descanso. Só que esse cansaço aparece depois que a droga sai do organismo.

Veja infográfico abaixo sobre drogas sintéticas 

Tipos de ‘comprimidos’ de Ecstasy

Quando o usuário for tomar a droga de novo, a energia vem em menor intensidade. Aí, é claro que a pessoa vai tomar uma dose muito maior. O organismo da pessoa vai ficando cada vez mais tolerante à droga e aí vira uma bola de neve. Quando menos se imagina, a pessoa já virou dependente.

A droga pode provocar euforia, desinibição, ansiedade e intensa sensação de sociabilidade. Porém, há casos em que os efeitos são exatamente contrários: ao invés de prazer, a pessoa pode ser tomada por uma sensação de paranóia e pânico, além de profunda depressão.

Depois de ingerido, o ecstasy começa a fazer efeito depois de 20 a 60 minutos. Além de psíquico, causa efeitos físicos: aumento da pressão arterial, aceleração dos batimentos cardíacos, diminuição do apetite, pupilas dilatadas e boca seca. O metabolismo acelera e, por isso, a temperatura do corpo aumenta, chegando até a 40º. Esse é um dos motivos que levam os consumidores a beber litros e litros de água enquanto dançam. A vista também fica sensível à luz, por isso muitos usam óculos escuros.

Aliás, o calor provocado pela droga é o efeito colateral mais discutido, sendo que se a temperatura do corpo aumentar muito, pode causar convulsões e levar o usuário até a morte. Para saciar a sede, o pessoal abusa da água. Só que aí que vem o dilema: se beber muita água, o usuário não vai conseguir controlar a urina, mas se não bebê-la, pode sofrer de desidratação.

Lembrando que, como a droga faz parte do grupo das anfetaminas, os efeitos deste também servem para o ecstasy: sérios danos no fígado, coração, cérebro e degeneração dos neurônios; além da possibilidade de aparecer sintomas psíquicos como paranóia, agressividade, ansiedade fóbica, insônia etc. Depressão e perda de memória são outros efeitos colaterais. Por se tratar de uma droga química, ou seja, produzida em laboratório, os efeitos dessa e de tantas outras drogas podem não ser tão agradáveis assim como muitas pessoas acham!

.

Tem algo a dizer sobre o tema? Participe!

 

12 Comments to Ecstasy e LSD

  1. Ana Souza's Gravatar Ana Souza
    December 10, 2012 11:20 Permalink

    gostei mto nem sabia q existia essa droga agr me entersei vou pesquizar mais sobre ela…

  2. livia brandao's Gravatar livia brandao
    March 14, 2013 13:19 Permalink

    ei preciso da ajuda de voces urgente tem como adicionar o meu email nao sei me da um toque aqui passando o seu ou quando adicionar me avisar, meu filho nao esta bem por causa disso a 20 dias!

    • euclydes's Gravatar euclydes
      January 25, 2014 11:28 Permalink

      A melhor saida é a internação numa clinica para dependentes quimicos com associação a grupos terapeuticos.

  3. joão victor's Gravatar joão victor
    September 4, 2013 22:17 Permalink

    para que é usado o ecstasy?

  4. Stefany Frange's Gravatar Stefany Frange
    December 17, 2013 01:31 Permalink

    Hahahahaha tem muita coisa ai sobre o LSD que não tem naaaaaaada a ve hahaha muitas coisas escritas ai são ridiculas… e tbm tem coisas reais… tomo a droga ha muito tempo e muitas coisas escritas nesse texto nem aconteceram.rnIsso ta parecendo mais cogumelos hahaha rnA sociedade critica algo desconhecido pra ela… só aceito criticas de quem ja tomou e não gostou, teve uma bad pesada… mas a maioria que fala, nunca nem experimentou…rnSão as ovelhinhas do Estado ;) rnEu ja ao contrario de muitos, recomendo… só não pra quem tem problemas cardiacos ou possibilidades de desencadear esquizofrenia… rnNão existe nada melhor do que o autoconhecimento, a busca pela paz interior e abrir a mente para assuntos que ninguem esta acostumado a discutir.rnSe todos experimentassem e passassem no teste, o mundo seria muito melhor, por ser uma droga de paz e amor… com isso não existem guerras e sem guerras o Estado perde dinheiro… não só sem as guerras, mas se cada pessoa parasse de depender dele e começasse a buscar as proprias necessidades ele tbm perderia… muitas pessoas que tomam a droga, além de se sentirem bem consigo msm, querem tomar o proprio rumo, sem depender de nada e ninguem, só ser feliz e ficar bem… assim eles perderiam dinheiro (muito dinheiro) por isso na epoca do auge, proibiram a droga e todos os estudos relacionados a ela… muita gente estava vivendo por si e nao querendo mais guerras, isso daria um enorme prejuizo ;) rnEnfim, claro que tudo isso poderia ser possivel sem a droga, mas muita gente tem a cabeça fechada e não pensa direito em muitos assuntos que poderiam mudar não só as pessoas, mas o mundo inteiro.rnHahahaha sei que ficou um texto gigante, mas quem se interessar faz bem ler uma opinião diferente.rnSó queria a felicidade de muitos e sei que é possivel dar uma ajudinha :) é só a pessoa deixar de ser marionete e de ir pela cabeça dos que não sabem nada… os loucos são chamados de loucos pq sabem demais…

    • Tati's Gravatar Tati
      December 22, 2013 08:28 Permalink

      Hahaaa.. É simples meu caro, para comprovar resultados de estudos basta entrar em sites científicos, a experiência não é necessariamente o caminho para o conhecimento, até pq existem experiências mortais, e daí o único resultado é o fim!!!rsrsrs. Muito legal sua visão sobre uma sociedade menos marionete.. Ocorre que as drogas, de modo geral tornam, de igual modo, as pessoas alienadas e falsamente felizes! Que paz é esta? Somente a consciencia pode ser o caminho da mudança. Somente o povo educado sabe como pode protestar. Interessa pros governos, de modo burro, eu penso, que não haja educação, sobre uso de drogas, existem leis, contudo, se faz, muitas vezes falsos combates ao uso…pq interessa que as pessoas estejam calminhas e dominadas. Outro área de domínio é o football, e o carnaval… Riam bastante hienas! enquanto os cofres são esvaziados, esta é a concepção! Sobre esquizofrenia, como saber que uma pessoa tem ou não tendência?(Mas o alcool não é diferente)….Depois que elas se atiram das janelas? Ou quando batem seus carros? Que vc escape disto… e desejando que sejas realmente feliz!

      • CELY's Gravatar CELY
        January 6, 2014 08:18 Permalink

        AMEI SEU PONTO DE VISTA E É REALMENTE O QUE PENSO!

      • Rafa's Gravatar Rafa
        April 17, 2014 05:37 Permalink

        Pelo jeito você nunca experimentou. Existem diversos tipos de drogas, algumas roubam sua vida, outras te dão a vida. Não tem como generalizar, existem casos e casos. Algumas em vez de te deixar alienado tem o efeito contrário, você começa a entender o mundo como ele realmente é, como as pessoas pensam, como as coisas estão organizadas para atingir um objetivo específico, aí você percebe que na verdade quase toda a sociedade está adormecida sobre o controle de quem está no poder. Já experimentei cocaína, maconha e ecstasy (A rosa chamada de love). A primeira não vi tanta graça (me deu sono e insônia ao mesmo tempo), maconha acredito ser ótima para pessoas muito ansiosas (não é meu caso), a terceira foi a melhor e a unica que continuo a consumir. O ecstasy te deixa mais sociável, mais perceptivo, mais amigável, mais amável, e ao contrário do álcool, você se lembra de tudo e tem consciência de tudo que está fazendo. Enfim… Realmente não existiria guerra se algumas dessas drogas fossem legalizadas, ao invés do álcool por exemplo. Ao invés de proibir, deveriam investir em educação sobre o consumo cosciente de certas drogas, pois algumas pessoas desinformadas acabam abusando e tudo em excesso faz mal.

  5. thayane's Gravatar thayane
    December 21, 2013 21:07 Permalink

    gosteii muitoo do video… muitoo bem feitoo e tira toda a curiosidade que as pessoas tem sobre as drogas recomendo :)

  6. Zildo Luiz's Gravatar Zildo Luiz
    January 24, 2014 08:21 Permalink

    Gostaria de saber por quando tempo o ecstasy fica no organismo? No caso de um exame toxicológico.

  7. Ana's Gravatar Ana
    February 13, 2014 12:16 Permalink

    já tomei não vou mentir que gostei bastante! mas não é pra qualquer um tomar e não viciar e uma sensão incrivel, boa demais. mas tem efeitos sim. tomei 4 pedacinhos equivalente ha duas! esqueço muito das coisas, e sempre que estou só me sinto triste bastante depreciva não consigo ficar em casa quero ficar saindo o tempo todo. impaciência as vezes acordo com uma tristeza enorme, choro bastante mas tbm ha uns minutos passa! mudanças de humor mesmo, emfim está com um mes e pouco que tomei, tenho um pouco de transtorno mas até agora nada pior que isso aconteceu. entâo se for tomar preparesse para sentir algo parecido ou até pior!

  8. sandra's Gravatar sandra
    March 31, 2014 12:05 Permalink

    meu filho tomou esta droga já faz 15 dias e ainda está estranho, quanto tempo ainda leva no organismo esta substancia?